Liga Popular: Por Uma Frente Única de Lutas Contra Bolsonaro

A AMIP vem reproduzir, com devida autorização, nota da LP – Liga Popular sobre as ações que devemos tomar a partir de agora, e por estar em concordância plena com o aqui exposto, participará da Frente Única proposta.

A Liga Popular tem o compromisso inegociável de revogar as “reformas” anti-povo.

Neste momento, tais “reformas” foram aprovadas e levadas adiante por Bolsonaro e seu gado engravatado no congresso, de modo que lutar contra estas medidas (além das demais relativas à destruição do meio ambiente, perseguição aos povos nativos, privatizações, etc.) é, também, lutar pela derrubada de Bolsonaro e sua corja.

Isto, no entanto, será impossível sem dois elementos fundamentais: as massas populares e os honestos democratas, patriotas e marxistas espalhados pelo país.

Para tornar a derrubada de Bolsonaro e a revogação das contrarreformas possíveis, por consequência, é necessária uma ação que vença de uma vez a inércia destes elementos avançados, bem como a desesperança das massas populares.

A solução, portanto, é uma Frente Única de Lutas.

Uma Frente Única é uma opção tática da esquerda que, em nome de uma pauta comum, une forças momentaneamente para travar esta batalha.

Na prática, nossa proposta significa apenas uma coisa: que todas as organizações democráticas ou marxistas, democratas e patriotas independentes ajudem uns aos outros em atividades de agitação e propaganda contra Bolsonaro e suas barbaridades.

Isto quer dizer que, toda organização que concordar com esta proposta deve, primeiro, passar este texto adiante e, junto com isso, divulgar o próprio calendário da ações (sejam panfletagens, comícios, manifestações, etc.) de forma que simpatizantes ou outras organizações ali também estejam presentes e, além disso, passem esta proposta adiante.

Sem uma rígida e formal estrutura, cada organização, por menor que seja, terá a oportunidade de ser vista e ter sua independência respeitada.

Aos poucos, quanto mais elementos avançados e organizados comparecerem em conjunto nestas ações, maior será a amplitude e eficácia das ações de propaganda e agitação e, com o tempo, mais e membros das massas populares desorganizadas aparecerão nessas lutas, logo, aumentando também a visibilidade e impacto prático da ação.

Esta certamente não é uma única maneira de lutar contra os lacaios fascistóides do imperialismo que hoje estão no poder, entretanto, certamente é uma das mais eficazes.

Unindo os honestos e abnegados marxistas, democratas e patriotas do Brasil, desorganizados ou não, ao povo trabalhador, teremos em peso a força política necessária para dar cabo de Bolsonaro e sua gente estúpida.

Levantemos nossos punhos e nossas vozes em uma só luta, sintetizada em uma só palavra de ordem: “Fora Bolsonaro! E leve sua corja junto!”

A partir deste texto, a AMIP passa a ter um calendário fixo de panfletagens na primeira quinzena do mês e de círculos de discussão/estudo na segunda quinzena. A partir de agora passaremos a anunciar data, hora e local por meio de nossas mídias Facebook, Whatsapp e para os que se cadastrarem em nosso e-mail.