Home Política Brasil Liga Popular: Ato Antifascista de São Paulo!
Brasil - Política - 3 semanas ago

Liga Popular: Ato Antifascista de São Paulo!

No último domingo (07/05), no Largo da Batata (São Paulo/SP), a juventude progressista uniu forças por volta das 14h num ato antifascista, chamado por organizações das mais diversas.

Militantes da Liga Popular marcaram presença. Dialogaram com alguns manifestantes para explicar o contexto de golpe contrarrevolucionário preventivo que vive o Brasil, além da importância da conformação e apoio aos Comitês Sanitários de Defesa Popular, que crescem no nosso país.

Isto posto, segue um breve relatório dos militantes da Liga sobre a demonstração.

No início da concentração de manifestantes, alguns grupos puxaram palavras de ordem e cantos não unificados. Palavras de grupos que defendiam a pauta Vidas Negras Importam estavam misturadas com canções favoráveis à “democracia” e contra o fascismo.

Segundo a juventude presente, a manifestação não sairia, no primeiro momento, do lugar, uma vez que o grupo “Somos Pela Democracia” e algumas outras organizações vinculadas ao chamamento do ato assim almejavam. Porém, por volta das 16h, um grupo enorme saiu em direção à Rua dos Pinheiros, acompanhados da maioria dos que compunham a manifestação.

Com isso, os manifestantes seguiram com palavras de ordem contra o racismo, o fascista Bolsonaro, a Polícia Militar de São Paulo e, em especial, contra o genocídio do povo negro e pobre.

Em dado momento, a PM fez um cerco e impediu o progresso da marcha. Este impasse durou quase uma hora e levantou a questão: seguir com a revolta ou recuar e ir para ruas próximas?
Devido a este acontecimento, parte dos manifestantes recuaram e, mesmo assim, a polícia fez anúncio que a repressão começaria. Diante desta situação, o ato cessou e dispersou.

Este evento demonstrou, sobretudo, a ânsia dos democratas e progressistas pelo combate ao velho Estado.

Cabe, portanto, aprofundarmos esse espírito de luta de maneira cada vez mais consciente, planificada e eficaz até, enfim, chegarmos nas bases objetivas de mobilização para a Revolução que necessitamos.